Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Fauna e Flora
Fauna e Flora

Aqui vou não vou falar apenas da fauna e flora da aldeia de Cetos, mas de toda a serra de Montemuro.

Existe uma diversidade enorme de especies na nossa serra, como poderemos ver em seguida:

Começando pela fauna, pode-se falar numa espécie em vias de extinção, o lobo, que por ser predador nato e por causar estragos e prejuízos a agricultores, foi perseguido e morto pelas pessoas das aldeias. De acordo com Censo Nacional de Lobo 2002-2003, a Serra de Montemuro é um dos últimos refúgios desta espécie a sul do Douro. A escassez de presas naturais e domésticas, assim como a pressão exercida pela construção de Parques Eólicos (abertura de acessos e aumento a perturbação humana), constituem os principais factores de ameaça.

Por toda a serra podemos encontrar o mais variado tipo de aves, como por exemplo:

       
   ·      Perdizes 

     

    ·   Galinholas

   

     

    ·  Águia de asas redondas

         

     ·        Pombo trocaz

   

     

    ·     Melro-preto

     

       ·    Mocho orelhudo

   

    ·     Tentilhão comum

    

    ·       Estorninho preto

   

     ·     Rouxinol comum

   

       ·        Carriça

   

   

Dependendo da estação do ano, também se encontram aves de emigração como:

   
     ·       Cuco   

      

    ·    Rola   

   

       ·     Gaio  

       

    ·    Tordo

   

   

  

Existe muito mais aves na serra, mas estas são as mais comuns e as mais vistas.

 Em relação aos mamíferos, os mais predominantes são: 

       
   

    ·    Toupeira

         

    ·   Coelho Europeu

         

    ·   Fuinha

      

   ·      Lebre

   

   

   

    ·    Raposa

   

   

   

    ·      Javali

   

   

   

   

   

    ·     Texugo

   

   

   

  O réptil mais predominante na serra é a víbora cornuda, é um réptil ofídio, venenoso. É umas das duas únicas cobras venenosas perigosas que ocorrem em Portugal. O seu comprimento não vai além dos 50 cm e consta-se entre as espécies do velho mundo. O seu veneno pode ser fatal em crianças, idosos ou pessoas debilitadas. Num adulto saudável a mordedura é muito dolorosa, mas em geral não é fatal. Ainda existem os caçadores de víboras, que ilegalamente capturam espécimes dos quais aproveitam apenas a cabeça. Esta situação tem contribuído para piorar a sua situação no nosso país (actualmente é uma espécie com estatuto de ameaça vulneravel).

  

 A flora é bastante complexa. No fundo da serra predomina:

       
       ·   Pinheiro bravo   

   

   

    ·  Carvalho-roble ou carvalho-alvarinho

   

       ·   Castanheiro

   

   

 

Nas margens dos ribeiros é dominante:

       
   

    ·   Amieiro   

      

    ·   Salgueiro

       

    ·   Salgueiro-branco

   

   

   ·   Salgueiro-preto   

   

   

    ·    Freixo

   

   

 

No cimo da serra é característica uma vegetação arbustiva, onde encontramos:

       
   

    ·  Tojo

   

   

   

    · Urzes (como a urze vermelha e a urze branca)

   

   

   

   

   

    · Sargaço branco

         

    ·  Giesta branca ou giesta da serra

        

    · Fetos   

   

 

São muitos os factores que têm vindo a destruir aos poucos e poucos a fauna e flora desta serra. Esses factores são:

  • O fogo, que causa danos graves na vegetação e habitats dos animais
  • As queimadas – utilizadas de forma sistemática e incorrecta
  • A colheita de espécies botânicas por coleccionadores e por laboratórios.
  • A caça furtiva que se exerce por meios ilegais
  • Utilização de áreas protegidas para percursos de todo-o-terreno

 

As informações aqui encontradas foram retiradas da wikipédia.